DIÁLOGOS SOBRE AMIZADE




"... A amizade é a única coisa cuja utilidade é unanimemente reconhecida !


Eliminar o respeito da amizade é podar-lhe o seu mais belo ornamento.


Não há  mais doce coração que de um terno amigo !


Se não existir alguma coisa de semelhante na amizade, 
não se achará nunca um verdadeiro amigo.
 Porque um amigo, é um outro "nós mesmos" !


Sucede, também, como que por calamidade, 
que algumas vezes é necessário romper uma amizade.
Muitas vezes quando os vícios se revelam num homem, 
os seus amigos são as suas vítimas 
como todos os outros. 

São as amizades vulgares que levam aos vícios.

É preciso, pois, desligar-se de tais amizades, 
afrouxando o laço pouco a pouco.
Mas, é preciso tomar cuidado em,
 desfazendo a amizade, 
não a substituir logo pelo ódio. 
Nada mais vergonhoso, com efeito, 
que estar em guerra com aquele
 que se amou por muito tempo.


A amizade penetra nos menores detalhes da nossa vida, 
o que torna frequentes as ocasiões de melindres: 
o sábio deve evitá-las, 
destruí-las ou 
suportá-las quando necessário for.

 Sendo que, a  única ocasião 
em que não devemos deixar de "contrariar" um amigo, 
é quando se trata de lhe dizer a verdade 
de lhe provar assim a nossa fidelidade.

 Porque não devemos deixar de sobreavisar os nossos amigos,
 ainda quando se trate de os repreender. 
E nós mesmos devemos levar isto em boa vontade, 
quando de tais repreensões, 
pois são ditadas pelo bem querer.  É  a  "censura amiga ".


A maioria dos homens, na injustiça,
 para não dizer na sua imprudência, 
quer possuir amigos tais como eles próprios não seriam. 
Exigem o que não têm.


Aqueles que almejam somente o interesse na amizade, 
afastam dela o seu mais doce vínculo. 

O que nos agrada não é a utilidade oferecida pelo nosso amigo, 
mas sim o carinho desse amigo; 
e tudo o que nos for oferecido por ele ser-nos-á agradável, 
contanto que transpareça a dedicação.


A nossa amizade não nasceu pois, da utilidade, mas a utilidade que a seguiu.


Penso que... 
não sei se será bom que  os nossos amigos não necessitem de nós.
Senão como poderia mostrar meu zelo, 
se ele não procurasse os meus conselhos
 e os meus serviços de amigo, 
seja na paz ou na guerra !?


Não será demais insistir... 
     É preciso conhecer antes de Amar e    
                  Não Amar antes de conhecer    !  "


(  Marcus Tullius Cícero )


  Receba  Amigo (a)...
 Um  Grande  Abraço  Q.C . 
( Como diz Um Grande Amigo, 
- Abraço Q.C. - quer dizer: 
Um Abraço daqueles
 Tãooo Forte de Quebrar Costelas!)


7 comentários:

Paulo Francisco disse...

Gostei! Mas seria bom também amar sem precisar comhecer antes.
Um abraço

Vanoska Buchholz da Costa disse...

Oi Lecy'ns,
falar de amigo sempre é legal.
Acho que as pessoas cobram
perfeição dos amigos e não é
bem assim, saber tolerar é uma
prova de amizade.
obrigada pelo comentário e pelo
carinho de sempre.
abraço

Elisa T. Campos disse...

Lecy'ns
Que belo texto sobre amizade.
Sem amor e amizade nada tem sentido.

Beijusss

Adriana Vargas de Aguiar disse...

A amizade consegue ser tão complexa...
Deixa uns desanimados, outros bem felizes...
É a alimentação dos fracos
É o reino dos fortes!


Estamos lhe seguindo; vem com a gente concorrer dia 10 a 4 kits com 3 livros cada; quanto mais você comentar, mais chances tem de ganhar.
Vamos juntos incentivar a literatura brasileira em nosso País!

Obrigada por nos seguir!
Adriana Vargas
Clube dos Novos Autores

Amapola disse...

Boa noite.

É mesmo.
Amizade é o amor mais bonito. Se ela é verdadeira é também incondicional.

Tenha um lindo fim de semana.
Um grande abraço.

Maria Auxiliadora (Amapola)

@ Escritora disse...

Olá!

Belo poema!

Obrigada pelo comentário carinhoso

Bom fim de semana

Bjos

Andradarte disse...

Tudo Muda com Afeto....

Grande verdade..Amizade, Afeto,Amor..

Obrigado por ficar seguidora
Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...