DIFÍCIL FORMULÁRIO DO AMOR




"Não amar não é rejeitar.
Não amar  não é desamar.
Não amar não é deixar de gostar.
Não amar não é desgostar.
Não amar é um estado afetivo intenso embora neutro.

Aceitar um amor pode ser um ato de dignidade.
Rejeitar é desamar ou ser indiferente.
Detestar ou odiar podem não ser rejeitar. Só rejeita quem já amou.
Quem não amou não rejeita ao dizer que não ama.

É possível gostar muito e não amar.
É possível transar amorosamente e não amar.
É possível ter um sentimento de amor e não amar.
É possível querer um bem enorme sem amar.
Assim como é possível amar sem: "gostar muito", "querer bem" e "transar amorosamente".

Há quem você só ama quando está perto.
Há quem você só ama quando está longe.
Há quem você ama na fantasia e de quem foge na realidade.

Mas aceitar um amor não é amar: é rejeitar depois.

Há quem ame o outro.
Há quem ame o amor.
Há quem ame as impossibilidades.
Há quem se deixe amar.
Há quem precise de ser amado.
Há quem precise de amar.

Dedicar um Amor, eis o AMOR."


( Artur da Távola )



Mil Beijokas  de  Ternura... Pra Você.
E Grata por 
Sua Presença e Comentário Carinhoso 
         que tanto me Alegra!!



3 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amiga Lecy'ns, bonita dissertação poética sobre o amor.
Um abração. Tenhas uma linda noite.

Paulo Francisco disse...

Basta-se amar?.
Um beijo grande

Rose disse...

Olá...tudo bem?Muito abençoado seu espaço,gostei imenso,Deus te abençoe querida e que através dele possas abençoar a muitos.Bjs com carinho prá ti.Depois me faz uma visitinha tá.http://compartilhandobencaoss.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...