2013 UM FELIZ ANO BOM À TODOS




UM FELIZ ANO BOM À TODOS ..

 QUE   EM   2013

GERMINEM OS MAIS BELOS SONHOS 

TÃO DESEJADOS EM SUA VIDA,  

E QUE AS PRÓXIMAS SEMENTES

 POSSAM IR CAINDO DE SUAS MÃOS 

POR CAMINHOS FECUNDOS,

 DANDO CONTINUIDADE A UM CICLO VINDOURO

 DE PROSPERIDADE, EM TODOS OS SETORES PRECISOS, 

SENDO 

A SIMPLICIDADE ATRELADA AO NECESSÁRIO 

QUE TE COUBER PARA SERES FELIZ!


É ATRAVÉS DO SIMPLES 

QUE SE CONHECE A LIBERDADE TÃO ALMEJADA, 

CONQUISTANDO ASSIM 

 A   PAZ INTERIOR QUE ACALMA A ALMA.


EXERCITE   SEMPRE

O AFETO  QUE ESTÁ EM SEU ÂMAGO,


PORQUE
 'TUDO MUDA COM AFETO'  

  CONQUISTANDO  ASSIM , 

 A  SERENIDADE de ESPÍRITO.


          OBRIGADA POR ESTAR AQUI,
  E 
          FAZER PARTE DESTA 


           CONEXÃO UNIVERSAL  DE  AFETO
              

A MATÉRIA-PRIMA DOS RELACIONAMENTOS


Todos querem a "chave" do bem viver um relacionamento afetivo feliz, dinâmico, atraente, seguro e ( se possível) recheado de boas surpresas..

É possível? Claro que sim!! E para isto acontecer e ( o melhor!) se manter,
  a conquista deve ser diária..
e demanda energia, equilíbrio  emocional 
e principalmente.. 
maturação dos sentimentos
 (o que leva um tempinho "X" pra cada um)  
para lidar com o "outro".

E isto torna-se desafiante perante o labirinto  que se mostra,
devendo  ser percorrido  até encontrar-se a estabilidade ideal 
de harmonização entre duas pessoas
 que se querem, se desejam e pretendem construir 
um relacionamento feliz "mutuamente" ( sem a UNI-lateralidade! ),
sem cair na "corriqueira" ladainha 
do "tem que ser como eu quero!" 
o que leva muitas vezes a uma ruptura dolorosa de acusações mútuas, 
sem se chegar
 a um denominador comum e que poderia ser evitado.

  Porém, ocorre na maior parte do tempo dos  envolvidos
a tal questão pra lá de conhecida por todos nós
 - de que  ambos 
não estão nenhum pouco "desejando" 
ou  
"querendo"  
 assumir  mudanças interior,
 ou até mesmo abrir mão do que 
está a incomodar a um ou ao outro no relacionamento, 
e que é de uma primazia excepcional
 para a construção de um  relacionamento harmonioso e  feliz,
para não desmoronar indo por montanha abaixo, 
como avalanche  de neve 
que escoa e arrasa com tudo 
o que de bom  e de  ruim encontrar pela frente... 
e isso realmente não pode ter bom resultado, ou final feliz.

Para  bons resultados isto implica em abrir mão de hábitos pessoais, 
guardados a sete chaves ( egoísticamente se faz isso sim! ) 
mas que também ( claro!)
 não o deixamos da noite para o dia. 

É óbvio que isso demanda um  tempo,
 e um tempo bem trabalhado
com muito (mas muito!) AFETO por ambos, 
é um processo nascedouro de conhecimento mútuo. 

Daí  a peça matriz  ser 
uma comunicação pacífica, desarmada, 
sem acusações mútuas, leve e solta, 
 que envolva uma boa e salutar dose  de compreensão,
 de ambas as partes, e de preferência ( essencial!) 
sem cair na inconcebível falácia 
que não leva a lugar algum, 
a não ser num  desgaste sem precedentes, 
e degradante do que se conseguiu construir até  aí.

E um parêntese nessa questão pode ser aberto,
citando que "compreensão de ambas as partes" não significa 
(de modo algum!!) 
querer impor ao outro suas próprias vontades e desejos, 
cômodamente fácil ( e covarde também, porque não?!) 
se assim considerarmos que
 isso não passaria nada mais e nada  menos que
controlar o outro para o ..
como eu quero e desejo que fique "ótimo" -
 pra si mesmo!

Uma grande porcentagem  "ainda" 
submetem seus sentimentos 
a  uma situação tal, 
que num futuro próximo,
  vêem dissolver em camadas gélidas, 
algo de tão bom que estava de pé, construído por ambos, 
a se  desmoronar.
E o pior,  por coisas boas
 produzidas e consentidas por ambos, 
e que vai caindo, dissolvendo,
como uma avalanche..
 e por estúpidas trocas irracionais e ofensivas. 
Infelizmente é a realidade,
que pode levar à tragédias, o que seria sem volta!

É.. às vezes, falta o entendimento tão esperado pelas partes, 
e que não acontece
 por não se querer ceder ao excessivo orgulho 
e famigerada vaidade
 aflorados  no ser.

Geralmente um ser humano espezinhado
 por mágoas e raiva guardados 
 em seu interior, seu âmago e profundezas de  sua alma,
 e que ao longo do tempo,
seja lá por quais questões tenham acontecido, 
não quer largar deste fardo pra lá de pesado e venenoso.

No entanto, fica  rodando em círculos, 
em relacionamentos desejados, esperados por dar certo, 
mas que não se movimenta pra tal, 
e o resultado não pode ser diferente do que já sabemos: 
cozinha  células, artérias, e o cérebro 
maquinando  um veneno  
que deságua no sangue da própria vítima...
arrastando para o abismo: homem/mulher e  AMOR.

 Para dar certo, é preciso ser bom para ambos, 
mutuamente felizes, (eis a questão!)
sem se precisar "adestrar" nada, nem ninguém. 
Adestramento  não é para gente.

Perguntemos com amor e afeto  ao outro 
o "como" é melhor 
e o 
"como" está sendo, 
e o que precisa ser ajustado... 
assim estará se dando a oportunidade 
(a ambos, legal demais isso!) 
de acertar, melhorar e serem  muito,
 mas muito felizes 
e
 melhor como pessoa humana!

Criar-se novos processos é possível! Ser o agente re-novador!
            
Isso é dinâmico e inteligentemente magnífico!
 
É  pôr em equilíbrio a balança.. 
é um desafio para todos nós, 
nessa turbulenta correria que  vivemos no mundo do agora. 

Mas que  ninguém por aqui
 neste Planeta tem o  controle remoto 
ou a tecla 
que acionada irá solucionar 
uma questão genuinamente intrínseca.

GRANDE E CALOROSO ABRAÇO
PRA VOCÊ!

O TOQUE QUE A VIDA DÁ



Encontrar algo ou alguém no caminho 
quando não se está buscando 
é fascinante.. inusitado e surpreendente! 

E impressiona.. 
se consideramos que 
a vida tem seu próprio curso,  
 artimanhas estratégicas, 
 para nos dar 
aquele toque que 
desperta, acorda e até machuca- nos
mas que... 
precisamos e necessitamos, 
querendo ou não querendo, 
esses fatos surgem, de uma forma ou de outra,
 com exclusiva finalidade 
de  sacudir o pó acumulado pelo tempo..
 para que nos mexamos, nos movimentamos 
por outros mares nunca dantes navegados, 
e assim, 
decidirmos o que precisamos fazer 
pelo momento presente que está 
precisando ( as vezes GRITANDO mesmo!) por isso.

Não é muito fácil de encarar, 
pelo incômodo que causa-nos interiormente 
( às vezes com mal estar físico mesmo!), 
em ter que sair da zona do conforto 
acomodação do atual estado que se encontra nossa vida. 

Daí  decide-se  algumas vezes, 
pelo menos sofrível possível(até certo ponto aceitável!), 
mas que nem sempre corresponde ao que "deve" ser feito.

E mais uma vez nos sabotamos,  enganamos a nós próprios, 
com artimanhas, caras e bocas, mil e uma desculpas, 
e muita conversa e "verdades"   do    "sabe o que é..", 
 ladainhas  hiper  astutas. 

Induzidos  por nosso (constante e atuante!) egocentrismo,
  e  "N" meios manipuladores que já sabemos quais, 
pois é domesticado por nós mesmos!  

Nosso ego não sabe decidir sem levar vantagem,  isso implica.. 
não refletir e não escolher inteligentemente... 
já que ego e inteligência não se afinam... 
um é egoísta, egocêntrico, vaidoso,odeia refletir... 
e vez por outra ,
a Sra. Inteligência
 é massacrada por opiniões alheias, 
principalmente,
e  jogada para escanteio pelo Sr. Ego, 
que havemos de considerar ..
é o  mais poderoso vilão que reside em nós, 
pois foi condicionado 
durante parte de nossa existência 
por valores  (todos..) educativos .. distorcidos, 
pelas esferas sócio-educativas-política e culturais 
e  "cruéis" ..
"ditadas" por essa mesma sociedade 
que cobra de todos os seres viventes uma posição 
de ter que ser sempre "vencedor" ,  "bem sucedido",
em acordo com 
 padrões pré-estabelecidos por essa mesma sociedade.

É uma etapa ( batalha mesmo!) que precisamos 
vencer dentro de nós mesmos... 
 uma luta travada  interior 
 e diariamente por milhares e milhares de nós,
 em qualquer parte do planeta, 
o que muda é o formato, 
seja quadrado, seja redondo, seja triangular, 
 o que melhor se adequar. 

Luta essa interna ( primeiramente!) à nível de ego/inteligência.. estabelecendo-se um conflito rotineiro 
que  gera ( posteriormente!) 
 inseguranças e medos 
os mais complicados possíveis, 
que emergem diretamente para uma voraz  fuga..
em  que cada um tem "testado" suas forças.. 
até o seu  limite ( e não sabemos bem até onde vai!) 
quebrando e rompendo 
com valores nobres como ... 
o maior deles..
o  amor por si mesmo, 
que é a auto-estima.. 
 e aí ...nisso se.. tropeça.. e cai.. 
e nem sempre... 
veja bem... 
nem sempre...
consegue erguer-se..

Já que esta mesma sociedade 
que produziu tal fato 
o lança à sarjeta 
ofertando  caminhos 
fáceis e enganadores ( de novo!) ao Sr Ego, 
o vilão emocional, 
fácil, fácil de  ser manipulado, 
isso caso não nos detenhamos
 ( e nem sempre estamos  tão atentos assim!) 
através da nossa inteligência  analítica ..

Naturalmente a inteligência é : 
 indaga, pergunta, se informa, não se acomoda, 
 melhor ainda: 
corre atrás do entendimento esclarecedor, que aclara...
 com  importantíssimo detalhe ( crucial!) 
não aceita passividade consoladora, 
pelo contrário... 
vai à luta à cobrar o que lhe é devido pelo  que 
a vida lhe mostra.. e fornece...
de esbarrões à  encontros que se sucedem 
 elegantemente trajados  em oportunidades ,
 porém... 
não prejudica, não sufoca, e nem pisa em ninguém!

Porque a inteligência analítica exercita o amor...
transformando o que poderia ser ruim 
em desafio  e reestrutura.. 
pela articulação da mente 
que trabalha com a inteligência e o coração,
formando um vínculo entre ambos.

Enfim...
que o Amor-próprio possa ser exercitado pela inteligência analítica... 
isso é seguro 
de que não te tornarás fantoche
 nas mãos de quem quer que seja.. 
em qualquer lugar do mundo..
até porque crescerá em vós ( auto-estima) ..
de maneira tal ..
que compartilharás com aqueles que 
assim desejarem se afinar contigo..
caso contrário... 
Não vale à pena .

Viver ainda é o melhor dos negócios.. 
isso engloba 
qualidade dos teus pensamentos atrelado com tuas atitudes ... 
equilíbrio harmônico... 
nem sempre estará assim... perfeito.. 
mas tentar com amor e vontade vale muito...  
isso sim é viver... 
e viver bem... 

Quanto ao resto.. bem.. 
aperte o botão   "enter"..

e vá em frente ... 
para que não sejas tropeço de si mesmo...

E que a Luz que emanas nunca cesse de brilhar.

Grande  e Forte Abraço Fraterno
 e
Mais uma Vez Obrigada 
por estares nessa conexão.

SAUDADE..PRESENÇA-AUSENTE

Saudades...Saudades...Saudades..
 Cheia de saudades de todos vocês...
Meu Carinho e Afeto especial  
em todos os corações 
que por aqui  habitam em conexão !


E a Inspiração nos brinda com Afeto e Ternura :

   SAUDADE..PRESENÇA-AUSENTE  É ..

Como  Miragem no deserto do coração... mergulhar profundamente..  embrenhar-se nas raízes do Amor... imergir até sentir o Afeto que sacia  os instantes ardentes de ausência... transforma em presença-ausente em nossa Alma!

Como Metalizar o metal  que se transforma na cor e no brilho...designando o ausente em presente..

Como incenso aromático que penetra pelas narinas..ao aspirar o perfume do ausente-presente..e sacia a Alma..

Como fogo que incendeia o campo árido..e ferve em labaredas chamativas da presença do ausente..emanando calor..

Como espada de dois gumes que fere, perfura, sangra, dilacera o coração, derramando  fluído de dor saudosa.. mas  recompõe...como  mineral de uma joia preciosa, puro.. e cristaliza..

Como fotografia em negativo..que a luz do Amor projeta a imagem ausente em presença..

Como melodia instrumental ressoa suavemente ... som acústico que embala o coração.. envolve a Alma.. entrelaça dois corações numa dança ímpar,
"única de dois" que se reconhecem...

Como pêndulo... oscilando com a energia que emana do coração ardente de ausência... presente!


Como bem define Nosso Poeta, Olavo Bilac:
"Saudade..presença dos ausentes"

Forte Abraço pra você 
Obrigada pela honra de sua presença.

AS CURVAS QUE ENCANTAM...OSCAR NIEMEYER

Registro aqui no Blog  Menção Honrosa ao ícone 
da Arquitetura Moderna  
 " OSCAR NIEMEYER." 
Admiro-o ( sempre!) e contemplo-o com afeto e respeito a trajetória  do Arquiteto carioca Oscar Niemeyer, com seus 104 anos, em sua tranquilidade, lucidez,  ativamente interessado em "tocar seus projetos", isso dito por ele quando recentemente se viu acamado, 
e que nem por isso desistiu de  dar continuidade aos seus projetos 
( isto é comprometimento, não com os outros, mas consigo mesmo!)

Ele é ...

Inspirador, Sonhador, 
Talentoso,Ousado, 
 Criativo, Simpático, 
Simples, Inteligente, 
Trabalhador, Idealizador. 

De uma  lucidez  brilhante, que emerge de seu interior, de sua alma, 
que  impressiona.! 
É Fantástico!!É Renovador!!É Primoroso!!

Nos dá uma lição impecável do quanto é necessário termos interesse pela vida; em projetarmos os nossos sonhos para a realidade, com esforço e obstinação, e somos nós  próprios que criamos,  traçamos,  para concretizar  com  extraordinária e incansável dedicação e determinação  que proporcionará   prazer, bem estar e positividade à  vida. 

 E isto  é revertido em longevidade com lucidez..
ainda considerando as limitações que o tempo naturalmente nos causa, 
mas indesistível   em sua  trajetória  consciente de que o tempo  da existência é de "um minuto"!  
Enquanto alguns desistiram de  seus projetos, e mais  algumas tantas  outras nem sequer querem ou quiseram optar por "tentar" em ir adiante, preferindo o comodismo, por ser mais fácil, menos " dificultoso" abraçando o lado mais sombrio e penoso. E o pior..atraindo para si  sérias consequências com este posicionamento, complicando e comprometendo a própria saúde,  produzidas pelo estacionamento mental, físico e energético vital. 

OSCAR NIEMEYER, Único em seu tempo 
que ousou e inovou com as curvas que encantam..
mergulha com interesse juvenil  em seus sonhos,  
se auto permiti  ousar  em  manter o prazer de traçar  mega projetos  sonhadores para a realidade..ah..isso me encanta..!! 


Fica aqui registrada a  gratidão à este Homem tão "sui generis" que nos presenteia com extraordinários Projetos Arquitetônicos  e..um brinde a obstinação em sonhar/realizar .. 


Sem interesse, movimento e dedicação  não há vida!


Um Especial Beijo no Teu  Coração!

DESPERTAI DO AUTOMÁTICO QUE VOS CONSOME


Tomar consciência de quem somos nós, 
é o grande e maior desafio 
de viver..de existir..para ser feliz. 
E isso engloba  ter paz de espírito, 
que acalma todo o turbilhão de emoções em que vivemos nos dias atuais.
 Em que a tecnologia nos exige 
 a velocidade para pensar, para agir, para viver.
 Porém isso é um tanto utópico 
quando nos olhamos e vemos o quanto AINDA somos 
um tanto “primatas”..“rudes em nosso próprio conhecimento”...
E  nos desconhecemos..AINDA.

Obviamente que aqui não se tem a pretensão de estar a dizer que 
 se deseja chegar ao patamar de ter o  domínio de si mesmo, 
mas que  até pode-se  traçar
 como uma das metas de nossa vida , 
esse aprimoramento que traz muita coisa boa,
   e mantê-lo ( o que não é muito fácil!),
também poderemos aspirar e 
torná-lo mais real em nosso comportamento 
a cada passo dado na vida terrena.

Sendo seres incompletos, 
é o que nos faz  ansiar por melhorar, progredir, 
 fundamentalmente tão necessário como é partilhar com o outro, 
o abrir-se ao diálogo com o próximo, 
o ouvir o outro que tanto deseja  expressar-se e comunicar.. 
como sendo uma, dentre  mil formas essenciais, que irá, aos poucos, nos moldando, se quisermos, é claro!

A escolha é sempre nossa! 

Por mais que alguns passem um terço de suas vidas
 acusando os outros pela sua infelicidade e erros, 
de caminhos ou de vida..
 jamais poderá se esquivar dessa escolha,
por querer continuar infeliz pelo tempo que tem de vida.

Continuar assim é atrair e acumular mais erros!

Necessitamos sim de uma breve, 
e às vezes até prolongada pausa, 
mais profunda que o costume 
e soltando o ar preso na garganta, 
nos pulmões, na mente ,
das desgraças manipuladoras, 
dos arrepios da violência que exorta a mente, 
dos queixumes breves e assediadores, 
dos monólogos exigentes e cheios de má intenção, 
dos ditos populistas com seus chavões desatualizados, 
e que não nos leva a progresso pessoal algum,
 a não ser ficar rodando em círculos enganadores, 
iludindo que está nos levando adiante, 
iludindo que está nos colocando em algum caminho melhor, 
mas que na real mesmo está  é "aludindo" 
em uma atitude primata, rude,
 desfocando a visão 
para onde deveria focar e esclarecer,
sem nos deixar  enxergar com clareza. 

Se faz  necessário uma tomada de consciência pessoal, 
 e  acontece é quando
abrimos o canal interno da mente,
 sem retaliações, sem pre-concepções, 
sem reservas, sem ataques, sem defesas,
 para o diálogo saudável 
que despertará o adormecido que está lá dentro..
  
 O muito mais além 
dos dogmas   preparados, subsidiados,  
com o mero fim de manipular a mente humana, 
 cujo desejo é chegar a um fim pré-estabelecido.

 O valor  está (muitas vezes) adormecido dentro de nós..em nós...
e não fora, ou no alto, ou em outro local 
que geralmente apontam como distante, 
longínquo, tãooo superior  a nós, 
 nos colocando numa posição inferior, 
como   servo e  vassalo.

 Possuímos a força-mestre em nosso âmago, 
em nossa alma,
 a nossa essência é concebida de
 um potencial inteligentemente magnífico, 
perfeito na criação, 
na modelagem conceptiva de um espermatozóide e um óvulo,
nascemos, crescemos, e muitas vezes morre-se, sem se  dar conta, 
por um mínimo que se poderia desenvolver e fluir como deveria. 

A informação, o conhecimento, ferramentas preciosas,
enfim a busca, 
nos possibilita conhecer-se mais, 
de dentro de si para a vida 

do mundo para dentro de si, 
é uma via em duas mãos, vai-e-volta..

O restante a própria vida se encarrega de trazer..
já que ela mesma é a que 
produz as ferramentas as quais
 ( cada um) 
necessita para viver aqui nesta Terra.

 Meus Amigos, Meus Afetos Queridos,
que nessa manhã  clara, vibrante, agradável, serena, harmoniosa, 
chegue até a nossa alma o entendimento pausado  e sereno...

Que nossos olhos possam ter  visão  do  imperceptível,

Que nossa boca possa colher o ar puro  
que fará vibrar nossas cordas vocais 
produzindo o som de palavras  em  melodia,

Que nossos ouvidos possam  captar o som uníssono dos sons quânticos 
que o Universo emite,

Que nossas mãos possam acenar, colher, abraçar, produzir, movimentar,

Que nossas narinas possam captar os aromas suaves 
que inspirem  idéias inovadoras,

Que nosso tom de voz seja substituído do rude ou  áspero do dia-a-dia 
para o mais agradável que  couber,

Somos o agente, o responsável, 
o entre-o-meio  
do mundo externo  e o mundo interno..

Entre o físico e a alma..

Do mundo perceptivo a nossa volta ao mundo interior, 
pessoalmente nos cabe 
 escolher, optar, compreender,
 para emitir, o que processará nossa mente, 
de preferência com  inteligência (para o bem!), 
 com  exclusiva vontade própria.. 
“boa” vontade em melhorar sempre.. 
como  alvo a ser atingido, 
 requer muito esforço,  
amor por si mesmo 
e
 afeto à todos  quanto cruzarmos nesta vida..
e  são muitos !


Abraço  Fraterno, 
 Com Feixes de Luz 
que Emanam desta Manhã
Ensolarada e Transparente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...