O PONTINHO NEGRO DE CADA UM DE NÓS ( Re-Postagem)









Tem dias em que não estamos muito bem, seja por um motivo real (aquele acontecimento marcante), ou imaginário (aquele que não se consegue encontrar o real motivo!), mas que sentimos  vontade de estar com alguém que possa nos "aguentar" numa catarse...

E nessa hora, podemos valorizar aquela amizade (ainda bem!) que sempre está por perto, para ouvir, trocar figurinhas, dar bronca carinhosa, e por que não? brigar com a gente, se for preciso, e que ainda assim,  nunca se cansam, repetindo duas ou mais vezes, se necessário for, nos dizendo: 
" ... de novo?! mas eu já te falei sobre isso, né ?! " 

São essas amizades raras, os que nos vêem, nos conhecem por dentro, o jeito de ser, com as malas "extras" que todos  carregamos e relutamos muito em largar, por ser preciso ter a coragem de auto-encarar, identificar e desapegar. Porque dói muito a mudança. Seja lá qual for, seja lá o que for,seja lá quem for.
Eis o pontinho negro de cada um de nós. Largar mesmo de vez e mudar. E isso exige de nós um esforço muito maior que o habitual e de rotina. Daí a dificuldade, e às vezes, o abandono  de nós mesmos.

E por falar em pontinho  negro, me faz lembrar de uma amiga muito querida, que um dia me disse ter a necessidade de viajar para outro País, de preferência europeu... longe da influência de segundos e terceiros!! a fim de estar consigo mesmo, cara a cara para o auto-enfrentamento, e daí identificar o seu pontinho negro, desvendando a sua mais nova rota de vida, e assim traçar mega-projetos pessoais.

Acredito muito que essa amiga irá conseguir seu intento, mas nem sempre estar num  país distante é necessariamente  onde encontraremos a chave que abrirá o próprio universo. Até facilita, pelo fato de não sofrer influências, e estar vivenciando outra cultura, nos torna mais introspectivos, questionadores, e tendo que se virar sozinho, isso conta muito porque amadurecemos, e aí, pode  acontecer...

Mas, na verdade,  acontece mesmo  é quando nós nos damos a chance e nos determinamos a um propósito, então, nossas forças aumentam e encontramos um resultado. Claro que  isto nem sempre é o que queremos, mas esperamos que tudo se torne  mais claro, para uma tomada  de decisão mais equilibrada e inteligente.
  
E assim, eliminamos boa parte do que nos aflige, encontrando harmonia.


Com Afeto... Receba Meu Abraço!

DO AMOR OU DA DOR PARA A ARTE






Somos genuinamente criaturas com explosões emocionais e  sentimentais. 
Desde a paixão por esportes, relacionamentos amorosos, 
e mais alguns tantos episódios que vivenciamos no decorrer da vida,
 até a  imensurável explosão da dor.
Assim somos, Assim vivemos, Assim expressamo-nos e até morremos.

Somos seres potencialmente inteligentes, criativos e de muita imaginação. 
Eis os ingredientes que impulsionam a mente humana 
para realizar o que de melhor  lhe aprouver.  

Quanto magnífico somos!!


Porém, é nas explosões de dor,  por vezes, ultrapassamos  limites
 da normalidade, que vira caos.
 Sem que, às vezes, até  possamos nos dar conta, conscientemente, 
dos próprios atos, o desfecho nem sempre é favorável, 
daí o equilíbrio e o bom senso, devem ser constantemente buscados 
e exercitados, e  fazer parte da mente sadia.



A Arte  como meio,  se manifesta, quando permitida, 
como boa mediadora,  por  expressar sentimentos, emoções,
 tanto do Amor quanto da Dor, e nos conceder possibilidades, 
para fazer melhores escolhas, esse é o diferencial que temos, 
e nem sempre bem aproveitado pela maioria.


Portanto, são ciclos de aprendizagens, 
pessoal e/ou profissional, 
que vai se percebendo, refletindo e  buscando, 
por onde, e como, expressar a criatividade, 
já que ideias e imaginação  sempre brotam em nossa mente.. 
saibamos aproveitá-las muito bem, 
mas principalmente, auto-valorizar !


A Arte é manifesta pela criatividade e inteligência da criatura. 
É a  manifestação, do Amor ou da Dor, que se extravasa, 
salta de nosso interior criativo, se materializa, 
em vários segmentos e formas,  
transformando criatura em Criador da Arte.



Arte não é separada como algo que se vai "ensinar" a fazer, pois ela já está lá.

Antes de ser manifesta como  tal,
 era uma ideia, uma inspiração, uma motivação, um desejo disfarçado, recebendo lampejos 
da inteligência, da imaginação e da criatividade, 
 que em determinado momento,
 reúnem-se,  ligam-se entre si, e se manifesta, salta..
 e se mostra, se materializa.

Arte pode se aperfeiçoar com técnicas, quando necessária,
 e isso sim, se ensina e se aprende,  
seja por estética, por harmonia de cores,
 ou pela própria necessidade 
de um desejo pessoal e/ou profissional
 à alcançar o que se quer.


Arte não tem preço, tem Valor,
 e isso é o que interessa ao seu próprio criador:

criador de sua Obra de Arte!


                                                            artestyllo.blogspot.com


Gratidão à todos vocês!





É PRECISO SEGUIR







Quando não estamos mais conseguindo ser feliz :

 onde estamos, 


 como estamos e


 com quem estamos,


é chegada a hora de tomar fôlego, 
"re-pensar" em  nova(s) atitude(s) e
traçar novas estratégias.
Afinal, é preciso seguir 


"o caminho da própria vida.."


Nada é imutável.. Tudo muda.. sempre!



Não mais o que querem que eu faça ou pense, no quadrado,


mas, o que eu quero e como eu penso,

 em acordo com minhas
próprias experiências de vida e o que aprendi
como legado que o tempo me ensinou,
 fazendo meu coração pulsar fortemente
em encontrar, e não só buscar.


Vida que temos a responsabilidade pessoal de cuidar,

em todos os aspectos, para o mais saudável possível,


o mais "digerível" pelo mínimo que seja possível,

 e que depende
da própria vontade.


Ahh!!! Aviso ao nosso egocêntrico "euzinho":


- É possível, é mais interessante e dá um "update" na própria vida.


Tomando às rédeas da própria caminhada ficaremos mais despertos, 

e isso exige pensar e refletir com bom senso,
a fim de não ser injusto(a) com ninguém e nem consigo mesmo.


Que a Luz sempre faça parte de nossa caminhada,
Iluminando nossa mente pensante !


Abraço fraterno,

 Obrigada por estar aqui!


EM TEMPO DE MUDANÇA



Liberdade, liberdade, um caminho que muitos
por não entenderem perdem a compostura diante do outro
e amargam a solidão  em si mesmo.


Fechados em seu habitat
construído pela ganância de querer sempre se dar bem,
oprimindo seja lá quem for,
já que a cegueira impede ter a consciência
de seu aprisionamento mental, psicológico e físico. 


O que mais assusta a consciência é a mudança.


Afinal, é necessário sair de seu habitat confortável,

e às vezes até nem tanto assim,
e ir em busca do ideal mais humanizado
que quebre a monotonia do ego vaidoso, orgulhoso e cruel.


Justamente por não apreender e
refletir sobre o coletivo o qual fazemos parte.


Parte do todo, como ser mais íntegro e equilibrado de dentro para fora.

Não o falso clichê envelhecido " tô feliz assim"
quando na realidade não está.
Basta olhar o estado físico, mental e psicológico
para se detectar o interior.


Tomar providências é preciso, necessário e eficaz,
porém, a consciência precisa estar acionada.


Se o acaso chegar até seu confortável habitat,
com roupagem camuflada e revestida em camadas,
com certeza percebemos a inexatidão, falta de clareza,
que "Não é bem assim"
"O que está errado aqui que não funciona mais?"
faz-se necessário parar a barulhenta mente humana
e acionar o botão de replay,
para que só assim, haja retrospecto dos fatos,
e inquietante situação,
voltando ao tempo..
detectar qual e onde o fio rompeu e causou estragos.


E retome com cautela, própria da Luz que está aí
para quem quer ferramentas e ir adiante..
sem manobra das neuras psicológicas
de "achismo" "radicalismo" 'egoísmo" - cruéis e que nada constrói.


Liberdade e Mudança andam sempre juntas!


É possível, SEMPRE..
É sempre, POSSÍVEL!




Pessoal, abraços de Luz e
boa semana de muita lucidez na mente
e harmonia no coração.

BONS VENTOS SOPREM



A vida chama, o tempo não dá trégua... 
Retomar as rédeas da vida e trilhar novos rumos, 
novas rotas, novos horizontes,
 afinal, a vida acontece  na superfície, 
onde está o movimento.


Absolutamente, nada é estático, 

tudo se move em velocidade tal 
que nenhuma dor é  para sempre, tem seu fim, 
viver saudavelmente deve ser  priorizado, em todas as áreas.


Pausar  é  preciso, 

e necessário, 
em algum momento da vida,
mas estacionar é o que não se deve, pois isso levaria à  morte.


Viver é ter a esperança plantada na alma,

e  sempre tentar mantê-la,
para que não haja espaço para desânimo.


Em algumas situações aceitação e renúncia é sabedoria. 


Bora .. que a vida passa rápido demais Pessoal!



 Deixar acontecer um dia por vez é 

viver com mais qualidade, 
priorizando o que irá acrescentar.


 Pessoal, gratidão e 

Forte abraço de Luz!

Excelente dia, Paz na alma,
Saúde no corpo físico 
e  
sucesso na caminhada.


RE-INTEGRAÇÃO DA POSSE DE SI MESMO





Resguardado no silêncio,

Se  Auto-Regurgita...

    RE- Pensando
  RE-Surgindo
    RE-Nascendo
RE-Criando
     RE-Interando
    RE-Novando !


E   o  Resguardado-Repensado,
 Ressurge...  
Renasce.

 E  se   RE-Inventa.. 

Recriando-se,

À Reintegração de si mesmo. 
       Do  Abalo  Sísmico Registrado N' Alma !

          Não  se  pode    Reprimir,
   Não  se  pode   Coibir,
   Não   se   pode   Reter,
        Não se  pode   Congelar,
            Não  se  pode   Confundir,
                      Não  se  pode   Acomodar-se.

Deve-se  ( ISSO SIM ! ) :

 Interceptar  o Cursor que  Impede  Alçar,

Produzindo  a  Interferência
que   for  necessária..

E isso Sim  - É POSSÍVEL!


Ressaltando em   belíssimos  RE-NOVOS !


POIS É... 
sinto muito  "AQUILES"   mas...

A Essência do ser humano é  IMENSURÁVEL:

Interrompe, Liberta, Renova  e  Renasce  d'Alma -

Incandescente  como a brasa  !!


       RESSURGE
               RENASCE
 RECRIA
               RENOVA
           REMODELA
                      REINTEGRA
     REAGE !


  E  tomar posse  de   si  mesmo:   
  do BEM VIVER 
e
     VIVER BEM ,

       BOM  ISSO  !!!


 Minha Gratidão Sempre !!
Paz no espírito, 
Saúde  no físico e n' alma,
 e  Luz na caminhada.

QUANDO O CASTELO DESMORONA






É ..sabemos do quanto nos desiludimos 
 com nossas próprias construções,
que quando desabam, 
nem sempre ocupam 
 níveis aceitáveis por nossa consciência, 
até porque a dor é grande, 
e por isso mesmo é difícil olhar e enxergar,  
que o arquiteto/"maitrê" da construção envolve nós mesmos,
e  mais ainda 
que o aval fomos nós mesmos,
que o concedemos, 
para que se construísse,
  um  famigerado empreendimento .
 
Mas, na verdade, 
o que mais dói, 
é a relutância da aceitação, 
que todo ser humano experimenta.

 Deparar-se consigo mesmo,

 constatando, 
a existência de  feridas e calos  nas mãos, 
de uma dedicação, 
cega e obstinada,
 em construir um empreendimento,
 que pudesse ter  solidez e o habite-se,
 emplacado com sucesso.
É  um escorregão,uma rasteira, 
que assusta, pelo investimento feito!

 Todos nós, ignoramos,

geralmente,os sinais da intuição, 
que sempre em prontidão,
 alerta nosso coração.

 E o coração se manifesta,

sempre também,
 como o olheiro da alma.

 Está aí, provavelmente, 
uma brecha de luz, na escuridão da dor.

Para a consciência se manifestar, 

no dolorido caminho da  aceitação, 
a fim de se restabelecer e seguir em frente,
 com mais cautela,
 mas.. sem lamúrias ou pessimismo,
às próximas empreitadas
 que podem e devem acontecer. 

É.. esse é o risco o qual se fica exposto, 
e se corre, inevitavelmente, 
quando nos empenhamos
 e nos jogamos com afinco, 
arregaçando mangas e pegando,
 literalmente, 
na massa que dará forma, 
a algo que tanto se deseja.

São castelos  que construímos.. 
disfarçados, numa roupagem,
  que recebem nomes,
 como.. 
"objetivos", "metas","vida à dois","trabalho",
"etc""etc" e por aí vai..


Àqueles que se jogam
 e vão para ver no que vai dar, 
geralmente, por vezes,
constroem a própria armadilha,
e nela caem, e a dor é grande!

Àqueles que se jogam, 
mas.. seguem os sinais do coração, 
saberão aonde e, por onde devem ir,
e  a probabilidade de acertar é grande!

Até podem cometer  enganos 

( normal, estamos sujeitos, e cometemos!)
 mas o risco é bem menor, 
a dor é contornável, 
por estar ao nível do próprio limite.

Assim, quando a voz do coração sinalizar, 
e insistir ( e o faz!),
ouça-a.. e se for o caso, 
pare  e desfaça o que deve ser desfeito...
antes de um estrago muito maior,
se for para voltar, volte...
se for pra seguir em frente, siga.. 
mas não ignore, 
nem descarte, 
nem deixe para depois,
 nem muito menos 
busque desculpas 
e justificações incabíveis...
atente para 
entender, compreender e fazer!
 

Somos seres, absolutamente, 

capazes de retomadas, 
como tudo que existe na natureza é refeito,
leva um tempinho, mas refaz..

Retomar é ..

pegar às rédeas da esperança,
 trilhar caminhos 
direcionados à nova empreitada, 
com mais consciência, 
cautela,
mas nem por isso, 
menos ousadas.

A tarefa, após os acontecimentos,

 é difícil, dolorosa, mas.. não perdida, 
nem muito menos extinta.

Pensemos com reflexão e inteligência,

 sabedoria adquirida,
que é preciso, com os tombos da vida:


O castelo desmorona...

mas essa, é uma só  parte, 
porque a outra parte,
 ( do inteiro) 
é muito mais valioso: 
é   VOCÊ  !
que é o arquiteto / "maitrê" 
da obra de sua existência 
por aqui neste Planeta !!


Esta é a parte inteira de um  ser humano,

é a  que lhe cabe como um bom construtor !


Obrigada por ter vindo por aqui!

Paz, Saúde, Força, Coragem e Luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...